Um dos grandes desafios da educação no mundo contemporâneo tem sido romper os obstáculos que impedem o desenvolvimento pleno dos jovens. Encontrar novas formas de ensinar e aprender é essencial para atender às demandas da aprendizagem num cenário cada vez mais complexo e diversificado.

Algumas mudanças na abordagem escolar já estão acontecendo e tem reflexos em alguns países. E o interessante é que as principais mudanças na abordagem escolar que vem trazendo significativas mudanças na qualidade do processo ensino-aprendizagem estão diretamente ligadas ao preparo e desenvolvimento do professor e corpo docente em geral. Por exemplo, em Cingapura, cidade-estado localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, o setor de transformações na educação é fortemente incentivado em conjunto com o Sindicato dos Professores de Cingapura (STU), proporcionando aos docentes o aprimoramento e a valorização da carreira. Além do enaltecimento via boa remuneração e status, projetos de aperfeiçoamento que incluem processos de coaching, mentoria, workshops, seminários, entre outros, fazem parte do programa de desenvolvimento profissional dos educadores.

O programa de desenvolvimento profissional utilizado em Cingapura, capacita os professores para atuarem de forma conjunta com os alunos. Os resultados aparecem diretamente na qualidade da aprendizagem dos alunos nas escolas por conta dessa qualificação da relação aluno-professor, em que os estudantes sentem-se co-autores e co-parceiros dos projetos em classe, de tal forma que os alunos são ouvidos e tem a oportunidade de participarem ativamente das palestras ministradas pelos docentes. Como decorrência o que se pode comprovar é o desenvolvimento de habilidades racionais, lógicas e inovadoras, incentivo à criatividade e novas formas de solucionar problemas.

No último resultado do Programa de Avaliação Internacional de Alunos (PISA¹) em 2016, referente à avaliação de 2015, Cingapura ocupou a posição de líder no ranking mundial em todas as categorias, entre 72 países participantes, totalizando 540 mil estudantes na faixa etária de 15 anos. A avaliação ocorre a cada 3 anos e abrange as áreas da matemática, literatura e ciências.

Segundo atualização mais recente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Brasil ficou nas últimas posições no PISA de 2015, sendo a 63ª posição em ciências, 59ª posição em leitura e 66ª colocação em matemática. O exame contou com estudantes da rede federal, privada e estadual. Mesmo os alunos possuindo interesse pelas áreas da ciência, por exemplo, ainda obtiveram uma pontuação abaixo da média.

Como fazer com que além da apreciação pelas disciplinas, os estudantes brasileiros possam obter resultados melhores?

Crianças e jovens estão cada vez mais em contato com tendências passageiras, conectados às redes e ferramentas do mundo virtual e isto faz com que seja necessária uma abordagem diferente em classe.

No Brasil, professores podem contar com programas de coaching totalmente inovadores e direcionados exclusivamente para o universo infanto-juvenil, como o Programa de Formação Kids Coaching e o Programa de Formação TeenCoaching. O Coaching auxilia na construção do equilíbrio emocional,  aprimora o foco, ajuda a traçar metas e favorece o alcance de objetivos, de forma prática e dinâmica

Os métodos utilizados nesses 2 programas foram elaborados à partir de conjuntos estruturados que contribuem para a construção de raciocínio, ampliando a elaboração de formas diferentes e criativas para arquitetar e solucionar problemas, e ainda contam com uma abordagem totalmente diferente capaz de envolver e despertar interesse.

O educador tem um papel muito importante no desenvolvimento da disciplina e da autorresponsabilidade dos alunos, além de ser quem é capaz de identificar pontos de melhoria e valorizar pontos fortes.

Possuir o domínio de técnicas capazes de aperfeiçoar e potencializar resultados é algo revolucionário e que gera efeitos incríveis na educação.

A mudança já começou e ser parte integrante dela é fundamental para acompanhar as  novas tendências e colaborar para a transformação das novas gerações.

Conheça o Programa de Formação Kids Coaching e o Programa de Formação TeenCoaching e esteja à frente com métodos revolucionários. Acesse:

> https://kidscoaching.com.br/

> https://teencoaching.com.br/

 

Fontes:

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)
http://inep.gov.br/web/guest/acoes-internacionais/pisa/resultados

The Singapore Teachers’ Union (STU)
https://stu.org.sg/index.php/our-story/

Educare International Consuntancy
https://eic.educare.sg/#services

 

¹ PISA – Programme for International Student Assessment. Segundo o INEP,  é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada de forma amostral a estudantes matriculados a partir do 7º ano do ensino fundamental na faixa etária dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.


Marcia Belmiro
Marcia Belmiro

Fundadora e diretora técnica da Rio Coaching. Graduação em Psicologia, Especialização em Recursos Humanos pelo IBRAE – FGV, Personal Life Coaching e Executive Coaching, Master Coach pelo Behavioral Coaching Institute. Certificação nos instrumentos de Assessments DISC, PEAKS, SOAR e Birkman, Certificação em Alfa Assessement Coaching pela Worth Ethic Corporation, MBA em Coaching e Pós graduação em Neurociências pelo IPUB – UFRJ, Formação em Biodança, Sociopsicomotricidade, Teoria Cognitivo-Comportamental e Constelação Familiar. Atuando há 38 anos nas áreas de Educação, Clínica Psicológica, Recursos Humanos e Coaching, formou mais de 3.000 coaches no Brasil e desenvolveu mais de 10.000 líderes. Sólida experiência como Coach de executivos e Mentora de coaches. Mais de 12.000 horas na criação e aplicação de workshops, palestras, cursos de desenvolvimento de líderes, programas motivacionais e transformacionais. Co-autora dos livros “A Bíblia do Coaching” e “O Máximo do Mínimo”. Autora e Coordenadora técnica do livro “Empoderar para Transformar”. Criadora do Método KidCoaching® para crianças e Co-criadora do Método GrowCoaching® para adolescentes.